Ensino-aprendizagem da língua portuguesa: um estudo acerca da gramática normativa

  • Luíza Francisca de Carvalho Universidade Regional do Cariri (URCA)
  • Adílio Junior de Souza Universidade Regional do Cariri (URCA)
Palavras-chave: Língua Portuguesa, Ensino-Aprendizagem, Gramática

Resumo

Neste artigo, abordamos assuntos relacionados ao ensino-aprendizagem da língua portuguesa na escola. Por meio de uma experiência bibliográfica realizada, procuramos refletir sobre razões que afetam negativamente no conhecimento da língua, impedindo os alunos de apreciarem tal estudo. Com base na leitura de autores como Antunes (2003) e Possenti (1996), analisamos o perfil do professor de português, frisando a necessidade de mudanças na prática pedagógica, o que implica na formação do mesmo. Sabendo da importância do respeito a todos os tipos de linguagens, consideramos o contexto da fala,
leitura e escrita como ponto de partida dos conhecimentos linguísticos. E não apenas o ensino de gramática.

Biografia do Autor

Luíza Francisca de Carvalho, Universidade Regional do Cariri (URCA)

Especialista em Língua Portuguesa e Literatura Brasileira e Africana de Língua Portuguesa pela Universidade Regional do Cariri (URCA)

Adílio Junior de Souza, Universidade Regional do Cariri (URCA)

Mestre e doutorando em Linguística pela Universidade Federal da Paraíba. Professor Temporário de Língua Latina e História da Língua Portuguesa na Universidade Regional do Cariri (URCA)

Referências

ANTUNES, Irandé. Aula de português: encontro e interação. São Paulo: parábola
editorial, 2003.

CASTANHEIRA, M. L. MACIEL, F. I. P. MARTINS, R. M. F. Alfabetização e
letramento na sala de aula. 2. Ed. Belo Horizonte. Autêntica editora: CEALE, 2009.

LEMLE, Mirian. Guia teórico do alfabetizador. São Paulo: Ática, 1987.

MATTOS E SILVA, Rosa Virgínia. Contradições no ensino de português: a língua que
se fala x a língua que se ensina. 8 ed. São Paulo: contexto, 2016.

MENDONÇA, Marina Célia. Língua e ensino: políticas de fechamento. MUSSALIM,
Fernanda; BENTES, Anna Christina. Introdução a linguística: domínios e fronteiras. 8.
Ed. São Paulo: Cortez, 2012, p. 273-306.

POSSENTI, Sírio. Porque (não) ensinar gramática na escola. Campinas, SP: Mercado
de letras: associação de leitura do Brasil, 1996.

SILVA, Camilo Rosa; MATOS, Denilson Pereira de. Sintaxe do português: abordagens
funcionalistas. João Pessoa: Editora da UFPB, 2011.
Publicado
2019-09-07
Como Citar
DE CARVALHO, L. F.; JUNIOR DE SOUZA, A. Ensino-aprendizagem da língua portuguesa: um estudo acerca da gramática normativa. Revista Virtual Lingu@ Nostr@, v. 6, n. 2, p. 38 - 51, 7 set. 2019.