A história do fonema /s/ do Tupi antigo

Autores

  • Consuelo de Paiva Godinho Costa Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia – UESB

Palavras-chave:

Tupi Antigo, Fonologia Autossegmental, Línguas Indígenas

Resumo

Este artigo discute o percurso histórico que, a partir do fonema /s/ - fricativa alveolar surda –  presente na proto-língua conhecida como Proto-Tupi-Guarani, resultou no desdobramento de dois fonemas diferentes: /s/ presente nas línguas Tupi e /h/ - fricativa glotal surda - presente nas línguas Guarani. Esse
desdobramento, de fato, marca a separação entre o ramo Tupi e o ramo Guarani desse tronco linguístico,
sendo que hoje encontramos, por um lado, línguas do ramo Tupi (como o Tupinambá ou o Tupari) contendo
o fonema /s/ em seu sistema fonológico e línguas do ramo Guarani (como o Nhandewa, o Kaiowá ou o Mbyá) contendo o fonema /h/ e também, raras ocorrências de /s/ fossilizadas em sua fonologia. Além disso, este estudo leva procura evidenciar como a organização interna dos traços distintivos dos fonemas comportam-se no processo, utilizando para isso, modelos fonológicos não-lineares, principalmente, a Fonologia Autossegmental conforme Clements e Hume (1995).

Biografia do Autor

Consuelo de Paiva Godinho Costa, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia – UESB

Doutora em Linguística, Professora titular do Departamento de Estudos Linguísticos e Literários da
Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia – UESB. 

Referências

ANCHIETA, José de, Pe (1990). Arte de Gramática da lingoa mais usada na costa do Brasil. Ed. Fac-similar à de 1595. São Paulo: Loyola.
BARBOSA, A. Lemos (1956). Curso de Tupi Antigo. Rio de Janeiro: São José.
CLEMENTS, G.N. & Hume, Elisabeth V. (1995). The internal organization of speech sounds. In: Goldsmith, J. (org.). The Handbook of Phonological Theory, pp. 245-306. Cambridge/MA: Blackwell.
COSTA, Consuelo de Paiva Godinho (2010). Nhandewa Aywu: Fonologia do Nhandewa-Guarani. Campinas: Curt Nimuendajú.
DOOLEY, Robert. Textos Guarani (Dialeto Mbyá). Brasília: Summer Institute of Linguistics, Acervo do CEDAE, IEL – UNICAMP, 1988.
_____ Apontamentos Preliminares sobre Ñandéva-Guarani Contemporâneo. Brasília: Summer Institute of Linguistics. Arquivo Lingüístico no. 197. Acervo do CEDAE, IEL – UNICAMP, 1991.
EDELWEISS, Frederico G. Estudos Tupis e Tupi-Guaranis – Confrontos e Revisões. Rio de Janeiro: Livraria Brasiliana Editora, 1969.
FIGUEIRA, Luís. Grammatica da Língua do Brasil. Reprodução fac-similar por J. Platzmann. B.G. Taubner: Leipzig, 1878.
GREGORES, E. & J. Suárez. A description of colloquial Guaraní. Mouton: The Hague, 1967.
GUEDES, Marymarcia. Subsídios para uma Análise Fonológica do Mbya. Campinas: Editora da UNICAMP, 1991.
GUEDES, Marymarcia & Minatel, Maria Inês. Nhandéva: Breves Comparações de Aspectos Fonológicos. XXV Anais de Seminários do GEL. Taubaté, 1996. P. 558-562.
JENSEN, Cheryl Joyce S. O desenvolvimento Histórico da língua Wayampi. Campinas: Editora da Unicamp, 1989.
MONTOYA, Antonio Ruiz de. Arte de la Lengua Guarani Introdução e notas: Bartomeu Meliá. Transcrição atualizada: Antonio Caballos. Asunción: CEPAG, 1993 [1640].
NIMUENDAJÚ, Curt. As lendas de criação e destruição do mundo como fundamentos da religião dos Apapocúva-Guarani. Tradução de Charlotte Emmerich & Eduardo B. Viveiros de Castro. São Paulo: Editora Hucitec/USP, 1987.
RICE, Keren D. A reexamonation of the feature [sonorant]: the status os ‘sonorants obstruents’. Language, v. 69, n. 2, p. 308-344, 1993.
RODRIGUES, Aryon Dall’Igna. Fonética Histórica Tupi-Guarani: Diferenças fonéticas entre o Tupi e o Guarani. Arquivos do Museu Paranaense. Curitiba, IV, 1945.
_____ Línguas brasileiras. Para o conhecimento das línguas indígenas. São Paulo: Loyola, 1986.
_____Silêncio, nasalidade e laringalidade em línguas indígenas brasileiras. Revista Letras de Hoje, n. 134, p. 11-24, 2003.
_____ As Consoantes do Proto-Tupí. In: CABRAL, A.S.A.C. e RODRIGUES, A. D.(orgs.). Línguas e Culturas Tupí, Campinas: Curt Nimuendajú, 2007. P.167-203. Rodrigues, Daniele M. Grannier. Fonologia do Guarani Antigo. Campinas: Editora da UNICAMP, 1990.
SOUSA, Gabriel Soares de. Tratado Descritivo do Brasil em 1587. 5. ed. São Paulo: Companhia Editora Nacional, 1987.
TRUBETZKOY, N.S. Principles of Phonology. Tradução de Wilmar da Rocha D’Angelis. Campinas: IEL – UNICAMP, 1996 [1939].

Downloads

Publicado

2019-07-07

Como Citar

CONSUELO DE PAIVA GODINHO COSTA. A história do fonema /s/ do Tupi antigo. Revista Virtual Lingu@ Nostr@, [S. l.], v. 6, n. 1, p. 134–144, 2019. Disponível em: https://linguanostra.net/index.php/Linguanostra/article/view/109. Acesso em: 10 ago. 2022.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

Obs .: Este plugin requer que pelo menos um plugin de estatísticas / relatório esteja ativado. Se seus plugins de estatísticas fornecerem mais de uma métrica, selecione também uma métrica principal na página de configurações do site do administrador e / ou nas páginas de configurações do gerente da revista.