O USO DO CELULAR EM SALA DE AULA

Uma perspectiva de letramento digital

Autores

  • Adson Cássio Cardoso Olivindo
  • Rayane Erika Galeno Oliveira
  • Marciele Gomes Rodrigues Centro Estadual de Educação Profissional Rural Deputado Ribeiro Magalhães
  • Ana Cláudia Pinto dos Santos
  • Paulo Sérgio de Araujo Sousa
  • Thalita Brenda dos Santos Vieira
  • Letícia de Andrade Ferreira
  • Francisca Maria Pinto dos Santos

Palavras-chave:

Celular. Letramento Digital. Tecnologia.

Resumo

Muitos alunos ainda possuem dificuldade em desenvolver o gosto pela leitura e escrita e, uma das possíveis causas desse problema é a utilização de metodologias que, por vezes, não estimulam o interesse do aluno. Com o desenvolvimento tecnológico é indispensável o uso de tecnologias em sala de aula como ferramenta de auxílio para o professor melhorar seus métodos. A escolha do tema letramento, especialmente o letramento digital, está na possibilidade de observar como o professor trabalha através do celular em sala de aula. Dessa forma, a seguinte pesquisa buscou investigar as contribuições do uso do celular como instrumento de ensino de Língua Portuguesa nos anos finais do Ensino Fundamental. A pesquisa foi fundamentada pelos seguintes teóricos Street (2014), Soares (2012), Kleiman (2005), Marchurshi (2010) e Xavier (2011). Diante disso, foi selecionada uma turma de 9º ano da Unidade Escolar José Basson, situada na cidade de Cocal Piauí. Na referida instituição de ensino, foi desenvolvida uma pesquisa de campo qualitativa, procurando observar os possíveis eventos e práticas da utilização ou não do celular em sala de aula. Após as análises, observou-se que a professora, embora muito competente, precisa utilizar o celular em alguns momentos de suas aulas, notou-se também que o letramento digital está presente na sala de aula de forma indireta pelas perspectivas dos alunos, que utilizam o celular para outros fins. Dessa forma, conclui-se que aliado ao processo educativo, o celular pode trazer grandes contribuições para a aprendizagem, além de ser uma ferramenta que pode ser utilizada como método alternativo de se abordar determinado conteúdo em sala de aula.

Referências

ALMEIDA, A. C. P. Produção de vídeos em sala de aula: Uma proposta de uso pedagógico de celulares e câmeras digitais. Revista de Educação, Ciência e Tecnologia, v. 2, n. 1, p. 1-13, 2013. Disponível em: https://periodicos.ifrs.edu.br/index.php/tear/article/view/1785. Acesso em: 14 nov. 2019.

ARAGÃO, R. Projeto forte: formação, reflexão e tecnologias no ensino de inglês na Bahia. Fortaleza, 2009.

BARRAL, G. L. L. Liga esse celular! Pesquisa e produção audiovisual em sala de aula. Revista Fórum Identidades, v. 12, n. 6, p. 95-117, 2013. Disponível em: https://seer.ufs.br/index.php/forumidentidades/article/view/1889. Acesso em: 20 ago. 2019.

BARRETO, R. G. Tecnologia e educação: trabalho e formação docente. Educação & Sociedade, v. 25, n. 89, p. 1181-1201, 2004. disponível em: https://www.scielo.br/pdf/%0D/es/v25n89/22617.pdf. Acesso em: 20 ago. 2019.

BAZERMAN, C. Gênero, agência e escrita. 2 ed. São Paulo: Cortez, 2011.

BUNZEN, C. Os significados do letramento escolar como uma prática sociocultural. In: VÓVIO, C; SITO, l; GANDE, P (Org.). Letramentos: rupturas, deslocamentos e repercussões de pesquisas em linguística aplicada. Campinas, SP: Mercado das Letras, 2010.

CARVALHO, T. L. O professor de espanhol diante dos letramentos da web e a utilização dos gêneros digitais. In: III ENCONTRO NACIONAL SOBRE HIPERTEXTO, 2009, Belo Horizonte. Anais..., Belo Horizonte: CFTEMG, 2009. Disponível em: https://nehte.com.br/hipertexto2009/anais/m-o/o-email-como-ferramenta-de-apoio.pdf. Acesso em: 25 set. 2019.

CASTELLS, M. A sociedade em rede. 3. ed. São Paulo: Paz e Terra, 2000.

KLEIMAN, A. B. Preciso ensinar o letramento? Não basta ensinar a ler e a escrever?. Ministério da Educação, São Paulo: Cefiel/IEL/Unicamp, 2005. Disponível em: https://pt.slideshare.net/Pibidletrasufal/preciso-ensinar-letramento-ngela-kleiman. Acesso em: 19 out. 2019

LOPES, I. Abreu. Cenas de Letramentos Sociais. 2004, 212f. Tese (Doutorado em Liguistica) – Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2004. Disponível em: https://repositorio.ufpe.br/bitstream/123456789/7668/1/arquivo8282_1.pdf. Acesso em: 26 out. 2019.

MARCUSCHI, L. A. Da fala para a escrita: atividades de retextualização. 10. ed.
São Paulo: Cortez, 2010.

PINHEIRO, R. C.; RODRIGUES, M. L. O uso do celular como recurso pedagógico nas aulas de Língua Portuguesa. Revista Philologus, v. 18, n. 52, p. 122-133, 2012. Disponível em:
https://www.filologia.org.br/revista/52/_RPh52.pdf#page=122. Acesso em: 13 de Dez 2019.

RAMOS, M. R. V. O uso de tecnologias em sala de aula. Revista Eletrônica: LENPES-PIBID de Ciências Sociais-UEL, v. 1, n. 2, p. 1-16, 2012. Disponível em: http://www.uel.br/revistas/lenpespibid/pages/arquivos/2%20Edicao/MARCIO%20RAMOS%20-%20ORIENT%20PROF%20ANGELA.pdf. Acesso em: 23 dez. 2019.

RIBEIRO, Ana Elisa. Letramento digital: um tema em gêneros efêmeros. Revista da ABRALIN, v. 8, n. 1, p. 15-38, 2017. Disponível em: https://revistas.ufpr.br/abralin/article/view/52433/32273. Acesso em: 22 dez. 2019.

SILVA, J. S. S.; SILVA, R. N. A. Alfabetização e letramento digitais na educação básica. In: II CONGRESSO NACIONAL DE EDUCAÇÃO. Anais... 2015. Disponível em: http://www.editorarealize.com.br/revistas/conedu/trabalhos/TRABALHO_EV045_MD1_SA5_ID3679_30062015114351.pdf. Acesso em: 09 dez. 2019.

SENA, D.; BURGOS, T. O computador e o telefone celular no processo ensino-aprendizagem da educação física escolar. In: 3º SIMPÓSIO HIPERTEXTO E TECNOLOGIAS NA EDUCAÇÃO. Anais... 2010. Disponível em: http://www.nehte.com.br/simposio/anais/Anais-Hipertexto-2010/Dianne-Sena-Taciana-Burgos.pdf. Acesso em 29 nov. 2019.

STREET, B. Perspectivas interculturais sobre o letramento. Filologia e linguística portuguesa, n. 8, p. 465-488, 2006. Disponível em: http://www.revistas.usp.br/flp/article/view/59767/62876. Acesso em: 20 out. 2019.

SANTOS, J. S. Letramento, variação linguística e ensino de português. Linguagem em Discurso, v. 5, n. 1, p. 119-134, 2010. Disponível em: http://www.portaldeperiodicos.unisul.br/index.php/Linguagem_Discurso/article/view/30; Acesso em: 15 dez. 2019.

XAVIER, A. C. Letramento digital: impactos das tecnologias na aprendizagem da Geração Y. Calidoscópio, v. 9, n. 1, p. 3-14, 2011. Disponível em: http://www.revistas.unisinos.br/index.php/calidoscopio/article/viewFile/748/149. Acesso em: 14 ago. 2019.

Downloads

Publicado

2020-11-08

Como Citar

CÁSSIO CARDOSO OLIVINDO, A. .; ERIKA GALENO OLIVEIRA, R. .; GOMES RODRIGUES, M.; CLÁUDIA PINTO DOS SANTOS, A. .; SÉRGIO DE ARAUJO SOUSA, P. .; BRENDA DOS SANTOS VIEIRA, T. .; DE ANDRADE FERREIRA, L. .; MARIA PINTO DOS SANTOS, F. . O USO DO CELULAR EM SALA DE AULA: Uma perspectiva de letramento digital. Revista Virtual Lingu@ Nostr@, [S. l.], v. 7, n. 1, p. 72 - 88, 2020. Disponível em: https://linguanostra.net/index.php/Linguanostra/article/view/139. Acesso em: 30 nov. 2020.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

Obs .: Este plugin requer que pelo menos um plugin de estatísticas / relatório esteja ativado. Se seus plugins de estatísticas fornecerem mais de uma métrica, selecione também uma métrica principal na página de configurações do site do administrador e / ou nas páginas de configurações do gerente da revista.