ENSINO DE LÍNGUAS

Desafios e possibilidades em tempos de tecnologias da Informação e Comunicação

Autores

  • Fádia Silva Educação Básica
  • Patricia Rabelo de Oliveira Professora de Língua Inglesa da Rede Pública de Ensino do Estado do Amapá

Palavras-chave:

Ensino de Línguas; Gêneros Textuais; Tecnologias da Informação e Comunicação; Competências.

Resumo

O presente artigo tem como objetivo demonstrar a realização de atividades nas aulas de Língua Portuguesa e Língua Inglesa com o uso de diversos gêneros textuais e com o suporte de ferramentas tecnológicas com alunos do 1 º ano do Ensino Médio, em uma Escola da Rede Pública de Ensino. Tais atividades oportunizaram aos estudantes o ensino de Línguas visando o desenvolvimento de várias  competências, valorizando as diversidades linguísticas e culturais dos estudantes que convivem com estas tecnologias cotidianamente. Esta proposta se justifica por entender que os professores precisam integrar as mídias digitais em sua prática, uma vez que estas possibilitam uma melhoria na qualidade do ensino e permitem a aquisição do conhecimento de modo mais dinâmico, oportunizando aos estudantes o desenvolvimento de múltiplas competências. Assim, foram empregadas informações a respeito das dificuldades do ensino de Línguas, conforme Antunes (2003) e Bagno (2004), sobre as competências e as práticas reflexivas dos professores no século XXI em Perrenoud (2002), o cenário tecnológico e o papel do professor em Demo e Filé (2008), a importância do uso dos gêneros textuais e dos letramentos em Rojo (2019), bem como as competências presentes na BNCC (2017). As atividades realizadas demonstraram que é possível relacionar o ensino de normas gramaticais consideradas tradicionais, associado ao desenvolvimento dos letramentos a partir da análise, reflexão e interação nas atividades propostas com o uso das ferramentas tecnológicas. Constatou-se a relevância destas atividades uma vez que promovem tanto o desenvolvimento pessoal como a construção de inteligência coletiva. Sendo, extremamente importante que o profissional de Línguas adeque-se às diversidades tecnológicas uma vez que estas possibilitam uma melhoria na qualidade do ensino e permitem a aquisição do conhecimento mais dinâmico, de modo que os conteúdos propostos no ensino de línguas sejam associados com os saberes possíveis pelo uso das ferramentas tecnológicas.

Biografia do Autor

Fádia Silva, Educação Básica

<br data-mce-bogus="1">

Referências

ALMEIDA FILHO, J. C. P. Dimensões Comunicativas no Ensino de Línguas. 1ª. ed. Campinas: Pontes, 1993. 75 p.

ANTUNES, Irandé. Aula de Português: encontro e interação. São Paulo: Parábola Editorial, 2003. (Série Aula; 1)

BAGNO, Marcos. Preconceito Linguístico: o que é, como se faz. São Paulo, Edições Loyola, 2004.

BORTONI-RICARDO, Stela Maris. Educação em língua materna: a
Sociolinguística na sala de aula. São Paulo: Parábola Editorial, 2004 (Linguagem 4).

BRASIL. Base Nacional Comum Curricular (2017). Disponível em: http://basenacionalcomum.mec.gov.br. Acesso em 10 de maio de 2020.

CASTELLS, Manuel. A Sociedade em Rede. São Paulo: Paz e Terra, 2002. (A Era da Informação: Economia, Sociedade e Cultura).

CONSOLO, Douglas Altamiro; PORTO, Cristina Francisca de Carvalho. Horizontes de Linguística Aplicada, ano 10, n.2, jul./dez. 2011.

DEMO, Pedro. Habilidades do Século XXI, Boletim Técnico do SENAC, Rio de Janeiro, v. 34, n.2, maio/ago, 2008. Disponível em <http://www.senac.br/BTS/342/artigo-1.pdf> Acesso em: 20 de maio de 2020.

FILÉ, Valter. Novas Tecnologias, antigas estruturas de produção de desigualdades. In: FREIRE, Wendel (org.). Tecnologia e educação: as mídias na prática docente. Rio de Janeiro: Wak Ed., 2008, p. 31-47.

GERALDI, J. W. (Org.). O texto na sala de aula. 5. ed. São Paulo: Ática, 2011.

GUEDES, Paulo Coimbra. A formação do professor de português: que língua vamos ensinar? São Paulo: Parábola Editorial. 2006.

JORDÃO, Teresa Cristina. Formação de Educadores. In: Salto para o Futuro: Tecnologias Digitais. Ano XIX boletim 19, Novembro/Dezembro, 2009.

LACOSTE, Yves (Org.). A Geopolítica do Inglês. São Paulo: Parábola, 2005.

PERRENOUD, Phillippe. 10 novas competências para ensinar. Porto Alegre: Artmed, 2000.

PERRENOUD, Phillipe, As competências para ensinar no século XXI: a formação dos professores e o desafio da avaliação. Trad. Cláudia Schilling e Fátima Murad. Porto Alegre: Artmed Editora, 2002

_____ A prática reflexiva no ofício de professor: profissionalização e razão pedagógica. Trad. Cláudia Schilling. Porto Alegre: Artmed Editora, 2002.

PRENSKY, M.: Digital Natives Digital Immigrants. In: PRENSKY, Marc. On the Horizon. NCB University Press, v.9, n.5, October (2001). Disponível em <http://www.marcprensky.com/writing/>. Acesso em 20/Maio/2020.

RODRIGUES, Ana Maria Moog. Por uma filosofia da Tecnologia. In: GRINSPUN, Mirian; ZIPPIN, P. S. (Org). Educação Tecnológica: desafios e perspectivas. São Paulo: Cortez, 1999.

ROJO, Roxane Helena R. Letramentos, mídias, linguagens. São Paulo: Parábola Editorial, 2019.

SANTOS, Lucíola Licínio. Formação do professor e pedagogia crítica. In: FAZENDA, Ivani. A Pesquisa em Educação e as Transformações do Conhecimento. Campinas: Papirus, 1995.

SANTOS, Milton. Técnica, Espaço, Tempo: Globalização e Meio Técnico- Científico Informacional. São Paulo: Hucitec, 1996.

SILVA, Rosa Virgínia Matos e. O português são dois: novas fronteiras, velhos problemas. São Paulo: Parábola Editorial, 2004.

SOARES, M. Linguagem e escola: uma perspectiva social. 18. ed. São Paulo: Contexto, 2017.

VILLARDI, R aquel Marques; OLIVEIRA, Carlos Alberto de. (2000). A Política de Educação à Distância e a Profissionalização: desafios. Revista de Administração Educacional, Recife, v.2, n.6, p.37-47.

VESSENTINE, José William; VLACH, Vânia. Geografia Crítica: manual do professor. 3. Ed. São Paulo: ÁTICA,2006.

Downloads

Publicado

2020-11-08

Como Citar

CRISTINA MONTEIRO DE OLIVEIRA SILVA, F.; RABELO DE OLIVEIRA, P. . ENSINO DE LÍNGUAS: Desafios e possibilidades em tempos de tecnologias da Informação e Comunicação. Revista Virtual Lingu@ Nostr@, [S. l.], v. 7, n. 1, p. 138 - 159, 2020. Disponível em: https://linguanostra.net/index.php/Linguanostra/article/view/159. Acesso em: 29 nov. 2020.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

Obs .: Este plugin requer que pelo menos um plugin de estatísticas / relatório esteja ativado. Se seus plugins de estatísticas fornecerem mais de uma métrica, selecione também uma métrica principal na página de configurações do site do administrador e / ou nas páginas de configurações do gerente da revista.