A MÍDIA SOMOS NÓS: UMA PROPOSTA DIDÁTICA DE LÍNGUA PORTUGUESA

Autores

  • Vanessa dos Santos Araujo FFLCH/USP
  • Mayara Polizer Nunes ECA/USP

Palavras-chave:

Gêneros do discurso;, Produção midiática;, Projetos de trabalho;, Tecnologias digitais de informação e comunicação.

Resumo

As tecnologias digitais da informação e da comunicação estão inseridas em muitas práticas sociais, sempre permeadas pela linguagem, e têm contribuído sobremaneira para a realização de diferentes atividades escolares. Desse modo, torna-se imprescindível promover uma reflexão acerca dessas práticas de linguagem, no que se refere ao processo de aprendizagem escolar. Nesse contexto, objetiva-se, neste artigo, apresentar uma proposta didática para o ensino da língua portuguesa, inserida na esfera jornalístico-midiática em diálogo com a produção e comunicação da informação e com o uso das tecnologias digitais na sala de aula de forma crítica. Trata-se do projeto A Mídia Somos Nós, a partir do qual estudantes de 9º ano da rede pública estadual de São Paulo participaram de oficinas de produção midiática, articuladas ao estudo dos gêneros reportagem e notícia e realizaram a cobertura jornalística de um evento oficial sediado na escola. A fundamentação teórica do projeto contempla a perspectiva dos projetos de trabalho, de Hernandez (1998); o trabalho com os gêneros discursivos, de acordo com Bakhtin (2016), e a proposta de produção midiática na perspectiva da Educomunicação. A abordagem metodológica para o estudo dos gêneros organizou-se a partir da análise dialógica do discurso (Brait, 2018), bem como de oficinas de comunicação, considerando as múltiplas linguagens implicadas na esfera jornalístico-midiática. Assim como, orientou-se a partir dos princípios dos projetos de trabalho, quanto à organização e realização das atividades. A experiência voltou-se a uma situação real de comunicação e, com isso, possibilitou a aprendizagem de diferentes linguagens associadas à esfera jornalístico-midiática, e por conseguinte, a ressignificação das práticas pedagógicas frente ao uso das tecnologias digitais.

Biografia do Autor

Mayara Polizer Nunes, ECA/USP

Arte- educadora,  professora de Artes da rede pública paulista e licencianda em Educomunicação na ECA/USP.

Referências

BAKHTIN, Mikhail. Os gêneros do discurso. (1 ed.). São Paulo: Editora 34, 2016.
BRAIT, Beth. Olhar e ler: verbo-visualidade em perspectiva dialógica. Bakhtiniana, São Paulo, 8 (2): 43-66, Jul./Dez. 2013.
BRAIT, Beth. Análise e teoria do discurso. In.: _____. (org.). Bakhtin: outros conceitos-chave. (2 ed.). São Paulo: Contexto, 2018, p. 9-31.
BRASIL. Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular: Brasília, MEC, 2017.
HERNÁNDEZ, Fernando. Os projetos de trabalho e a necessidade de mudança na educação e na função da Escola. In.: _____. Transgressão e mudança na educação: os projetos de trabalho. Porto Alegre: Artmed, 1998, p. 61-91.
PRETTO, Nelson De Luca.; CORDEIRO, Salete Noro; OLIVEIRA, Washington dos Santos. Produção cultural e compartilhamento de saberes em rede: entraves e possibilidades para a cultura e a educação. Educação em Revista, Belo Horizonte, v. 29, n. 3, p. 17-40, 1 set. 2013. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-46982013000300002&lng=pt&nrm=iso. Acesso em: 29 jul. 2020.
ROJO, Roxane; MOURA, Eduardo. Multiletramentos na escola. São Paulo: Parábola, 2012.
SANTOS, Milton. A transição em marcha. In.: _____. Por uma outra globalização: do pensamento único à consciência universal. Rio de Janeiro: Record, 2013, p. 141-174.

Downloads

Publicado

2021-04-06

Como Citar

DOS SANTOS ARAUJO, V.; POLIZER NUNES, M. A MÍDIA SOMOS NÓS: UMA PROPOSTA DIDÁTICA DE LÍNGUA PORTUGUESA. Revista Virtual Lingu@ Nostr@, [S. l.], v. 7, n. 2, p. 194 - 213, 2021. Disponível em: https://linguanostra.net/index.php/Linguanostra/article/view/193. Acesso em: 11 abr. 2021.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

Obs .: Este plugin requer que pelo menos um plugin de estatísticas / relatório esteja ativado. Se seus plugins de estatísticas fornecerem mais de uma métrica, selecione também uma métrica principal na página de configurações do site do administrador e / ou nas páginas de configurações do gerente da revista.