VERBOVISUALIDADE EM TEMPOS DE PANDEMIA

Uma análise dialógica

Autores

  • Anderson Silva SEDUC-SP/PUC-SP

Palavras-chave:

verbovisualidade; enunciado concreto; responsividade; pandemia.

Resumo

Este artigo discute a multiplicidade de sentidos presente em gêneros verbovisuais que evidenciaram a posição do Presidente da República Jair Bolsonaro sobre o isolamento social em meio a pandemia causada pelo Coronavírus. Justifica-se esta investigação pela importância que o letramento verbovisual possui no engendramento de cidadãos crítico-reflexivos, principalmente na formação de estudantes do Ensino Básico. Em acréscimo, considerando a leitura como um dos eixos do ensino de Língua Portuguesa na educação básica, nossa investigação vislumbra contribuir com a escolarização formal, principalmente no que tange a propostas de leitura contemporânea a partir de uma perspectiva dialógica. Em termos organizacionais, selecionamos gêneros verbovisuais que foram veiculados em redes sociais no primeiro semestre de 2020, período de crescimento da pandemia no Brasil. Para essa reflexão, recorreremos as lentes dialógicas do chamado Bakhtin e o Círculo, no qual elencamos o enunciado concreto e a responsividade como categorias de análise. Em nossas considerações, observamos que ao engendrar um enunciado concreto, os elementos verbovisuais remetem responsivamente  a outros enunciados concretos, sem os quais os interlocutores podem não compreender os possíveis efeitos de sentido. Por meio do humor,  nossas análises puderem explicitar como diversos locutores conseguem expressar suas ideias, divulgando-as por meio das redes sociais e grupos virtuais nos celulares, como na temática da crítica às ações engendradas pelo Presidente da República Jair Bolsonaro, cujas declarações públicas nas redes sociais ou telejornais, comprovaram uma posição de negacionismo a todos os protocolos de isolamento social prescritos pelas autoridades sanitárias, como o caso do uso de máscara para evitar a propagação do novo Coronavírus.

 

Biografia do Autor

Anderson Silva, SEDUC-SP/PUC-SP

<br data-mce-bogus="1">

Referências

BAKHTIN, M. Para uma filosofia do ato responsável. Tradução aos cuidados de Valdemir Miotello e Carlos Alberto Faraco. São Carlos: Pedro & João Editores, 2010.

BAKHTIN, M. Problemas da poética de Dostoiévski. 5 ed. Trad. Paulo Bezerra. São Paulo: Forense-Universitária, 2010.

BAKHTIN, M. Estética da criação verbal. Prefácio à edição francesa Tzvetan Todorov; introdução a tradução do russo Paulo Bezerra. 6 ed. São Paulo: Editora WMF Martins Fontes, 2011.

BRASIL. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros Curriculares Nacionais: Terceiro e Quarto Ciclos do Ensino Fundamental. Brasília/São José dos Campos: MEC/SEF/Univap, 2001.
BRAIT, B. Ironia em perspectiva polifônica. Campinas, SP: Editora da UNICAMP, 1996.
BRASIL. Base Nacional Comum Curricular. Brasília: MEC, 2017. Disponível em: http://basenacionalcomum.mec.gov.br/images/BNCC_20dez_site.pdf. Acesso em: 22 de dezembro de 2017.
COSTA, E. P. M. da. Retrato da verbo-visualidade em livros didáticos do ensino fundamental: uma abordagem dialógica. 2016. 754 f. Tese (Doutorado em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2016.
DAVALLON, J. A imagem, uma arte de memória?In: ACHARD, Pierre et. Al. Papel da memória. Campinas, SP: Pontes, 1999. p. 23-38.
ECO, U. Os limites da interpretação. Trad. de José Colaço Barreiros. 2. ed. Lisboa: Difel, 2004.
JOLY, M. Introdução à análise da imagem. Tradução Marina Appenzeller. 6. ed. Campinas, SP: Papirus Editora, 1996.
OLIVEIRA, M.B.F. de; SZUNDY, P. T. C. Práticas de multiletramentos na escola: por uma educação responsiva à contemporaneidade. Bakhtiniana. Revista de Estudos do Discurso, [S.l.], v. 9, n. 2, p. Port. 184-205/ Eng. 191-210, nov. 2014. ISSN 2176-4573. Disponível em: https://revistas.pucsp.br/bakhtiniana/article/view/19345/15609 Acesso em 14 ago. 2020.
VOLOCHÍNOV, V. N. Palavra na vida e a palavra na poesia. Introdução ao problema da poética sociológica. In: VOLOCHÍNOV, V. N. A construção da enunciação e outros ensaios. São Carlos: Pedro & João Editores, 2013, p. 71-100.
VOLOCHÍNOV, V. N. A construção da enunciação. In. VOLOCHÍNOV, V. N. A construção da enunciação e outros ensaios. São Carlos: Pedro & João Editores, 2013, p. 157-188.
VOLÓCHINOV, V. Marxismo e filosofia da linguagem: problemas fundamentais do método sociológico na ciência da linguagem. Tradução, notas e glossário de Sheila Grillo e Ekaterina Vólkova Américo. Ensaio introdutório de Sheila Grillo. São Paulo: Editora 34, 2017.

Downloads

Publicado

2021-04-06

Como Citar

SILVA, A. VERBOVISUALIDADE EM TEMPOS DE PANDEMIA: Uma análise dialógica. Revista Virtual Lingu@ Nostr@, [S. l.], v. 7, n. 2, p. 233 - 251, 2021. Disponível em: https://linguanostra.net/index.php/Linguanostra/article/view/196. Acesso em: 11 abr. 2021.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

Obs .: Este plugin requer que pelo menos um plugin de estatísticas / relatório esteja ativado. Se seus plugins de estatísticas fornecerem mais de uma métrica, selecione também uma métrica principal na página de configurações do site do administrador e / ou nas páginas de configurações do gerente da revista.