A (RE)CONSTRUÇÃO DO OBJETO DE DISCURSO ‘BULLYING’ NO TEXTO OPINATIVO

Em foco, as expressões referenciais diretas em dois momentos de produção.

Autores

  • Daniele Bertollo UNIOESTE - Universidade do Oeste do Paraná

Palavras-chave:

produção textual; referenciação; ensino fundamental

Resumo

Este artigo apresenta resultados parciais de dissertação de Mestrado que teve por objetivo investigar em textos opinativos de alunos de 9º ano se houve progressão no uso de expressões referenciais diretas, a partir da teoria da referenciação. Tomam-se, para análise, oito textos produzidos por quatro alunos, sendo quatro textos correspondentes à Produção 1 (geração inicial) e quatro textos à Produção 2 (produzidos pelos mesmos alunos, após o trabalho com o tema em sala). Promovem-se análises comparativas entre as duas produções do texto de cada aluno para observar se há avanços na construção da cadeia referencial, considerando o contexto de interlocução e os processos de retomada anafóricos (correferenciais). Esta pesquisa tem cunho qualitativo e segue o viés interpretativista. Sustenta-se em revisão bibliográfica e centra-se em métodos e procedimentos que visam a descrever e interpretar o fenômeno que se estabelece nos textos, seguindo orientações teóricas da área da Linguística Textual, especialmente no que tange à perspectiva sociocognitiva-interacionista. Tomam-se como base para a análise estudos apresentados por Mondada e Dubois (2017), Koch (2003, 2009, 2018), Koch e Elias (2017), Cavalcante, Custódio Filho e Brito (2014) e Roncarati (2010), entre outros que compõem a cena dos estudos da referenciação. Como resultado, observou nos textos sob análise o uso estratégico dos seguintes processos de retomada: mudança de nome núcleo, reiteração de nome núcleo com recategorização e reiteração de nome núcleo sem recategorização. Na comparação entre os dois textos de cada aluno, verificou-se aumento de pontos do referente em foco e recategorizações mais informativas ou avaliativas, estratégias que contribuem para aproximar o texto aos objetivos da interação proposta. 

Referências

CAVALCANTE, Mônica Magalhães; CUSTÓDIO FILHO, Valdinar; BRITO, Mariza Angélica Paiva. Coerência, referenciação e ensino. São Paulo: Editora Cortez, 2014.

CORTEZ, Suzana Leite; KOCH, Grunfeld Villaça. A construção do ponto de vista por meio de formas referenciais. In: CAVALCANTE, Mônica Magalhães; LIMA, Silvana Maria Calixto de (org.). Referenciação: teoria e prática. São Paulo: Cortez, 2013. p. 9-29.

DIJK, Teun Adrianus Van. Cognição, discurso e interação. Org. e apresent. de Ingedore V. Koch. 7. ed. São Paulo: Contexto, 2018.

KOCH, Ingedore Villaça. Desvendado os segredos do texto. 2. ed. São Paulo: Cortez, 2003.

KOCH, Ingedore Grunfeld Villaça. Introdução à linguística textual: trajetória e grandes temas. 2. ed. São Paulo: Editora WMF Martins Fontes, 2009.

KOCH, Ingedore Villaça. As tramas do texto. 2. ed. São Paulo: Editora Contexto, 2018.

KOCH, Ingedore Grunfel Villaça; CUNHA-LIMA, Maria Luíza. Do cognitivismo ao sociocognitivismo. In: MUSSALIM, Fernanda; BENTES, Anna Christina (org.). Introdução à linguística: fundamentos epistemológicos. 2. ed. São Paulo: Cortez, 2005. p. 251-300.

KOCH, Ingedore Villaça; ELIAS, Vanda Maria. Ler e escrever: estratégias de produção textual. 2. ed. São Paulo: Editora Contexto, 2017.

MARCUSCHI, Luiz Antônio. Produção textual, análise de gêneros e compreensão. São Paulo: Parábola Editorial, 2008.

MONDADA, Lorenza; DUBOIS, Danièle. Referenciação. In: CAVALCANTE, Mônica Magalhães; RODRIGUES, Bernadete Biasi; CIULLA, Alena (org.). Construção dos objetos de discurso e categorização: Uma abordagem dos processos de referenciação. São Paulo: Editora Contexto, 2017. p. 17-52.

RONCARATI, Cláudia Nívia. Cadeias do texto: construindo sentidos. São Paulo: Parábola Editorial, 2010.

Downloads

Publicado

2021-04-06

Como Citar

BERTOLLO, D. A (RE)CONSTRUÇÃO DO OBJETO DE DISCURSO ‘BULLYING’ NO TEXTO OPINATIVO: Em foco, as expressões referenciais diretas em dois momentos de produção. Revista Virtual Lingu@ Nostr@, [S. l.], v. 7, n. 2, p. 63 - 82, 2021. Disponível em: https://linguanostra.net/index.php/Linguanostra/article/view/198. Acesso em: 11 abr. 2021.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

Obs .: Este plugin requer que pelo menos um plugin de estatísticas / relatório esteja ativado. Se seus plugins de estatísticas fornecerem mais de uma métrica, selecione também uma métrica principal na página de configurações do site do administrador e / ou nas páginas de configurações do gerente da revista.