O letramento literário: uma análise de livro didático

Autores

  • Sheila Ferreira dos Santos Universidade do Sudoeste da Bahia (UESB)

Palavras-chave:

Literatura, Livro didático, Letramento literário, Análise

Resumo

Esse trabalho seleciona para análise o livro didático “Português: volume único” (2000), de autoria de João Domingues Maia, com o propósito de discorrer sobre a abordagem da Literatura e o conceito de letramento literário. A referida obra traz em sua apresentação conceitos implícitos sobre o letramento e sobre a visão de que o livro didático seria apenas um suporte para as aulas de Língua Portuguesa. Na apresentação o autor mostra uma preocupação em fazer um objeto de ensino que motivasse os alunos a lerem textos literários. A Literatura, em muitos casos, tem seu estudo negligenciado nas aulas de Língua Portuguesa, sendo apresentado apenas o contexto histórico de um determinado estilo de época. A obra literária possui significados que perpassam áreas diversas do conhecimento, tais como: Filosofia, Sociologia, conhecimento sociohistórico. Logo, a leitura de um livro pode acarretar em discussões sobre assuntos vigentes da nossa sociedade capitalista. Os livros literários vêm sofrendo cada vez mais um abandono por parte dos discentes, que muitas vezes consideram o ato de ler chato. Um dos motivos desse abandono seria a falta de motivação por parte dos docentes, que não possuem uma metodologia que instigue o aluno a ler um livro indicado. A formação de leitores assíduos é um grande desafio enfrentado pelo professor de Língua Portuguesa, mas para que isso aconteça com sucesso é necessário que o olhar sobre a literatura seja (re)dimencionado. A obra literária possui uma gama interdisciplinar gigantesca que não é aproveitada em sala por falta de conhecimento da mesma. Partindo de algumas teorias sobre o ensino de Literatura iremos analisar o capítulo vinte e dois, que fala sobre o romantismo, do livro em questão com o objetivo de verificar se o mesmo favorece o letramento literário.

Biografia do Autor

Sheila Ferreira dos Santos, Universidade do Sudoeste da Bahia (UESB)

Letras Vernáculas na Universidade do Sudoeste da Bahia (UESB). Atualmente atua no grupo Programa de Institucional de Bolsa de Iniciação à docência (PIBID) desenvolvendo pesquisas na área do ensino de
Literatura. O presente trabalho é um recorte desse objeto.

Referências

BORDINI, M. G. AGUIAR, Vera T. Literatura: a formação do leitor. Porto Alegre. 1993
COSSON, R. Letramento literário: teoria e prática. São Paulo: Contexto, 2006.
BRASIL. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira – INEP. PISA. Disponível em: <http://portal.inep.gov.br/pisa-programa-internacional-de-avaliacao-de-alunos>. Acesso em 20 de julho de 2014.
BRASIL. Linguagens, códigos e suas tecnologias, PCN. Conhecimentos de Língua Portuguesa. 2006.
MAIA, J. D. Português: volume único. São Paulo. Editora Ática, 2000.
MARCUSCHI, L. A. Compreensão de texto: algumas reflexões. In: BEZERRA, M. Auxiliadora; DIONISIO, A. P. (Orgs.) O livro didático de português: múltiplos olhares. 3 ed. Rio de Janeiro: Lucerna, pp. 48-61. 2005
MARTINS, K. C. C. REVOREDO, M. Letramento literário: teoria e prática. São Paulo, 2010.
OLIVEIRA, L. A. Coisas que todo professor de português deve saber. São Paulo: Parábola Editora, 2010.
PEREIRA, M. M. Letramento e letramentos: uma introdução. São Paulo. 2011.
PROGRAMA INTERNACIONAL DE AVALIAÇÃO DE ALUNOS – PISA. Wikipédia: a enciclopédia livre. Disponível em http://pt.wikipedia.org/wiki/Programa_Internacional_de_Avalia%C3%A7%C3%A3o_d
e_Alunos#Desempenho_Brasileiro_.282000_a_2012.29.5B5.5D. Acesso em 20 de julho de 2014.
RAMOS, H. C. B. O letramento literário no livro didático do ensino médio. Pernambuco, 2011
RICOEUR, P. Interpretação e ideologias. Traduzido e organizado por Hulton Japiassu. Rio de Janeiro: Francisco Alves, 1977.
SILVA, I. M. M. Literatura em sala de aula: da teoria literária à prática escolar. São Paulo, 2003
SOARES, M. Alfabetização e letramento: caminhos e descaminhos. Porto Alegre, 2004
TEIXEIRA, A. F. B. Entre o lançar, apanhar e cruzar de gritos: a compreensão responsiva e o letramento literário no projeto intervalo do livro didático no ensino médio. Vitória da Conquista – BA, 2014.
TEIXEIRA, R. F. B. ROTERS, G. A. Leitura literária e livro didático: uma parceria possível? São Paulo, 2008.

Downloads

Publicado

2019-07-05

Como Citar

FERREIRA DOS SANTOS, S. . O letramento literário: uma análise de livro didático. Revista Virtual Lingu@ Nostr@, [S. l.], v. 2, n. 1, p. 49–67, 2019. Disponível em: https://linguanostra.net/index.php/Linguanostra/article/view/23. Acesso em: 30 set. 2022.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

Obs .: Este plugin requer que pelo menos um plugin de estatísticas / relatório esteja ativado. Se seus plugins de estatísticas fornecerem mais de uma métrica, selecione também uma métrica principal na página de configurações do site do administrador e / ou nas páginas de configurações do gerente da revista.