Dislexia: entendimento e capacidade de administração dessa dificuldade de aprendizado por estudantes do curso de licenciatura em biologia

Autores

  • Shirley Santos Nascimento Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia - UESB
  • Ronei Guaresi Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia - UESB

Palavras-chave:

Aprendizagem, Leitura, Escrita, Licenciatura em Biologia

Resumo

A dislexia é caracterizada por atividade funcional anormal no cérebro. Várias áreas-chave não são suficientemente ativadas, tanto na análise visual quanto no tratamento fonoaudiológico. Estudos realizados por ressonância funcional verificaram que parte do lobo temporal esquerdo é desorganizado e esse aspecto dificulta o aprendizado de leitura. A incidência é de cerca de 5% da população. Em relação à administração dessa dificuldade de aprendizado na educação formal, entende-se que os professores egressos de cursos de licenciatura devem sair preparados para administrar essa dificuldade de aprendizagem. Muitos especialistas argumentam que essa patologia deve ser tema de discussão em cursos de licenciatura, bem como em programas de educação continuada. Com essas discussões como pano de fundo, este estudo verificou que os estudantes egressos do curso de graduação avaliado não se sentem preparados para a administração da dificuldade de aprendizado conhecida como dislexia.

Biografia do Autor

Shirley Santos Nascimento, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia - UESB

Graduando no curso de Licenciatura em Ciências Biológicas na Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia.

Ronei Guaresi, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia - UESB

Professor adjunto do Departamento de Estudos Linguísticos e Literários e do Programa de Pós-Graduação em Linguística da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia - UESB

Referências

ARANHA, M. L. A. Filosofia da educação, 3 ed. São Paulo, Moderna, 2006.
BARBOSA, R. L. L. Trajetórias e perspectivas da formação de educadores. São Paulo UNESP, 2004.
BATISTO, M. W.; ENUMO, S. R. F. Inclusão escolar e deficiência mental: análise da interação social entre companheiro.Universidade Federal do Espírito Santo Estudos de Psicologia 2004, 9(1), 101-111.
BEYER, H. O. Inclusão e Avaliação na Escola de alunos com necessidades educacionais especiais. 4 ed. Porto Alegre, Mediação, 2013.
BOCCACINO, D. Uma proposta para o ensino de taxonomia com enfoque construtivista. La Salle - Revista de Educação, Ciência e Cultura | v. 12 | n. 2 | jul./dez, 2007.
CORREIA, L. M. Educação Especial e Inclusão. Quem disser que uma sobrevive sem a outra não está no seu juízo perfeito. Portugal, Porto, 2010.
DEHAENE, S. Os neurônios da leitura: Como a ciência explica a nossa capacidade de ler. Porto Alegre, Penso, 2012.
EUGÊNIO, T. J. B. Utilização de uma ferramenta multimídia para identificação de artrópodes: avaliação de estudantes ensino fundamental. Ciência & Educação, v. 18, n. 3, p. 543-557, 2012.
EVANS, J. S. Um estudo sobre Dislexia. Universidade Tecnológica Federal do Paraná. 2006 http://www.calem.ct.utfpr.edu.br/espec_monografias_detalhes.html FERNANDES, P.P. Dislexia, um dos entraves da educação Publicado em Educação por Pedagogia ao Pé da Letra, jun. 2013 disponível em: http://pedagogiaaopedaletra.com/monografia-dislexia-um-dos-entraves daeducacao/acesso em 29/10/2014.
FONSECA, V. Dislexia, cognição e aprendizagem: uma abordagem neuropsicológica das dificuldades de aprendizagem da leitura. Rev. Psicopedagogia 2009; 26(81): 339-56
GLAT. R., FONTES, R.S., PLETSCH, M.D., Uma breve reflexão sobre o papel da Educação Especial frente ao processo de inclusão de pessoas com necessidades educacionais especiais em rede regular de ensino. Publicado em: Cadernos de Educação 6: Inclusão Social Desafios de uma Educação Cidadã. Rio de Janeiro, UNIGRANRIO, p. 13-30,2006.
GUARESI, R. Repercussões de descobertas neurocientíficas ao ensino da escrita. Revista da FAAEBA, Educação e Contemporaneidade, Salvador, v. 23, n. 41, p. 51-62, jan./jun., 2014.
GUARESI, R .; ALMEIDA, O.L., Dislexia: uma proposta de protocolo para rastreio em pre-escolares e escolares das séries iniciais. 21 f. in press.
MENEZES, M. A. Dislexia: perceber o que os meus olhos veem. Universidade Lusíada do Porto, 2007.
MUSZKAT, M., RIZZUTTI, S. O professor e a dislexia, Coleção educação e saúde. v. 8, São Paulo, Cortez, 2012.
OLIVEIRA, A.P.D. A Dislexia fator implicador na aprendizagem da linguagem na visão dos professores. 2013, Dissertação (Graduação em Licenciatura em Ciências Biológicas) Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul de Minas gerais, Campus Machado, Minas Gerais, 2013.
PEGADO, F. Aspectos cognitivos e bases cerebrais da alfabetização: um resumo para o professor. 2015.
PEREIRA, R. S. A avaliação e Intervenção em Leitura, Escrita e Matemática. Simpósio Internacional da ABPp, III., 2013, São Paulo, 2013. Disponivel em: http://www,brasilfashionnews.com.br/noticias detalhes.aspx?id=15615, acesso em 14/0+6/2014.
RORATO, A. F. Dislexia. In: TrabalhosFeitos.com, 2007, disponível em: http://www.trabalhosfeitos.com/ensaio/dislexia/283047.html, acesso em 26/11/2013.
SALLES, J. F.; PARENTE, M. A. de M. P.; MACHADO, S. S. As Dislexias de desenvolvimento: aspectos neuropsicológicos e cognitivos. Interações em Psicologia, 2004 v.9, n.17 Universidade São Marcos, p. 109-132, jan./jun.2004.
SANTOS, M. P. Educação inclusiva: redefinindo a educação especial. Ponto de Vista, Florianópolis, n. 3/4, p. 103-118, 2002.
SAVIANI, D. Formação de professores: aspectos históricos e teóricos do problema no contexto brasileiro. Revista Brasileira de Educação, Florianópolis, v. 14 n. 40 jan./abr. 2009.
SENNA, P. A. C.; MAGRIN, A. G. E. A importância da "boa" identificação dos organismos fitoplanctônicos para os estudos ecológicos. Departamento de Ecologia e Biologia Evolutiva, Universidade Federal de São Carlos Pompêo, M. L. M. (Ed.) Perspectivas na Limnologia do Brasil, 2011.
SOUZA, J. A Dislexia em sala de aula: a função do professor. Dissertação (graduação em Licenciatura em Pedagogia) Universidade Estadual de Maringá, p. 25. CIANORTE, 2011.
TELES, P. Dislexia: Como identificar? Como intervir? Revista Portuguesa de Clinica Geral; n. 20 p.713-30, dez. 2004. ZORZI, J.; CAPELLINE, S., Dislexia e outros distúrbios da leitura – escrita. Letras desafiando a aprendizagem. 2 ed. São José dos Campos Pulso,2009.

Downloads

Publicado

2019-07-05

Como Citar

SHIRLEY SANTOS NASCIMENTO; RONEI GUARESI. Dislexia: entendimento e capacidade de administração dessa dificuldade de aprendizado por estudantes do curso de licenciatura em biologia. Revista Virtual Lingu@ Nostr@, [S. l.], v. 3, n. 2, p. 11–52, 2019. Disponível em: https://linguanostra.net/index.php/Linguanostra/article/view/59. Acesso em: 10 ago. 2022.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

Obs .: Este plugin requer que pelo menos um plugin de estatísticas / relatório esteja ativado. Se seus plugins de estatísticas fornecerem mais de uma métrica, selecione também uma métrica principal na página de configurações do site do administrador e / ou nas páginas de configurações do gerente da revista.