Letramento (s) e estratégias de contextualização no ensino de produção de texto: contribuições da ferramenta online google forms

Autores

  • Joane Marieli Pereira Caetano Centro Educacional São Jose de Itaperuna
  • Otávio de Oliveira Castelane Centro Universitário São José de Itaperuna (UNIFSJ)

Palavras-chave:

Ensino Contextualizado, Tecnologia, Google Forms

Resumo

O presente estudo focaliza em temática referente ao ensino de produção de textos, em especial à aplicabilidade das novas possibilidades de letramento e ressignificação das práticas pedagógicas frente ao uso das tecnologias para um ensino mais contextualizado. Objetiva-se sugerir, através do relato de um estudo de caso proveniente da utilização da ferramenta online Google Forms, a efetivação de abordagens didáticas mais contextualizadas. Para tanto, recorreu-se, metodologicamente, à aplicação de formulários, do tipo misto, que investigassem os hábitos de leitura e escrita de alunos do 2° ano do Curso Técnico em Eletrotécnica Integrado ao Ensino Médio. A partir de análises quantiqualitativas dos dados coletados, verificou-se a potencialidade das informações captadas, na medida em que se pôde perfilar o público alvo em relação às suas aptidões, bem como se foi possível delimitar reflexões bastante significativas para compor as discussões desenvolvidas durante o processo de aprendizagem de determinado conteúdo. Convém destacar que perpassa pela pesquisa estudo qualitativo de cunho bibliográfico, alicerçado teoricamente em Valente (2002), Antunes (2009), Braga (2010), Heideman et. al (2010), Magalhães (2012), Rojo (2015), dentre outros.

Biografia do Autor

Joane Marieli Pereira Caetano, Centro Educacional São Jose de Itaperuna

Mestra em Cognição e Linguagem (UENF); Especialista em Letras (UNIFSJ). Professora de  Sociolinguística no Centro Educacional São Jose de Itaperuna (UNIFSJ) e Língua Portuguesa e Literatura no Instituto Federal Fluminense (IFF) campus Itaperuna.

Otávio de Oliveira Castelane, Centro Universitário São José de Itaperuna (UNIFSJ)

Graduando em Letras com habilitação em Língua Portuguesa e Língua Inglesa pelo Centro Universitário
São José de Itaperuna (UNIFSJ)

Referências

ANTUNES, Irandé. Língua, texto e ensino: outra escola possível. São Paulo: Parábola Editorial, 2009.
AZEVEDO, Claudinéia B.; TARDELLI, Marlete C. Escrevendo e falando na sala de aula. In: GERALDI, João Wanderley; CITELLI, Beatriz (Cords.). Aprender e Ensinar com Textos de Alunos. 7. ed. São Paulo: Cortez, 2011.
BAUMAN, Z. Globalização: As consequências humanas. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1999.
BRAGA, Denise Bertoli. A comunicação interativa em ambiente hipermídia: as vantagens da hipermodalidade para o aprendizado no meio digital. In: MARCUSHI, Luiz Antônio; XAVIER, Antonio Carlos (Orgs.). Hipertexto e Gêneros Digitais: novas formas de construção de sentido. 3. ed. São Paulo: Cortez, 2010.
BRASIL. Constituição (1988). Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília, DF: Senado, 1988. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicaocompilado.htm>.
Acesso em 01 mai. 2017.
BRASIL. Ministério de Educação e Cultura. Lei nº 5.692/71, de 11 de agosto de 1971. Fixa Diretrizes e Bases para o ensino de 1° e 2º graus. Brasília: MEC, 1971. Disponível em: <http://www2.camara.leg.br/legin/fed/lei/1970-1979/lei-5692-11-agosto-1971-357752-publicacaooriginal-1-pl.html>. Acesso em 03 mai. 2017.
BRASIL. Ministério de Educação e Cultura. Lei nº 9394/96, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da Educação Nacional. Brasília: MEC, 1996. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/seesp/arquivos/pdf/lei9394_ldbn1.pdf>. Acesso em 03 mar. 2017.
BRASIL. Ministério da Educação. Parâmetros Curriculares Nacionais: Língua Portuguesa: primeira à quarta séries. Brasília: MEC, 1997. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/seb/arquivos/pdf/livro02.pdf>. Acesso em: 01 mai. 2017.
BRASIL. Ministério da Educação e do Desporto. Parâmetros Curriculares Nacionais: ensino médio. Brasília: MEC, 2000. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/seb/arquivos/pdf/blegais.pdf>. Acesso: em 01 mai. 2017.
BRASIL. Ministério da Educação. Programas do MEC voltados à formação de professores. Disponível
em<http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_content&view=article&id=15944:programas-do-mec-voltados-a-formacao-de-professores>. Acesso em: 01 mai. 2017.
GALARZA, Débora Karam. Aulas de português, construção de conhecimento e interação social. In: ZILLES, Ana Maria Stahl; FARACO, Carlos Alberto (org.). Pedagogia da variação linguística: língua, diversidade e ensino. São Paulo: Parábola Editorial, 2015, p. 53-75.
HEIDEMAN, Leonardo Albuquerque; OLIVEIRA, Ângelo Mozart Medeiros de; VEIT, Eliane Ângela. Ferramentas online para o ensino de ciências: uma proposta com o Google Docs. Física na escola, v. 11, n. 2, 2010, p. 30-33. Disponível em: <http://www.lume.ufrgs.br/bitstream/handle/10183/116446/000792476.pdf?sequence=1>. Acesso em: 30 abr. 2017.

Downloads

Publicado

2019-07-06

Como Citar

JOANE MARIELI PEREIRA CAETANO; OTÁVIO DE OLIVEIRA CASTELANE. Letramento (s) e estratégias de contextualização no ensino de produção de texto: contribuições da ferramenta online google forms. Revista Virtual Lingu@ Nostr@, [S. l.], v. 5, n. 1, p. 5–19, 2019. Disponível em: https://linguanostra.net/index.php/Linguanostra/article/view/80. Acesso em: 10 ago. 2022.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

Obs .: Este plugin requer que pelo menos um plugin de estatísticas / relatório esteja ativado. Se seus plugins de estatísticas fornecerem mais de uma métrica, selecione também uma métrica principal na página de configurações do site do administrador e / ou nas páginas de configurações do gerente da revista.

Artigos Semelhantes

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.