Do conceito de palavra e outras aporias

Autores

  • Jefferson Silva do Rêgo Universidade Federal de Goiás - UFG

Palavras-chave:

Palavra, Port-Royal, Tipologia Linguística

Resumo

No presente artigo, sob a luz de pressupostos teórico-metodológicos oriundos da Historiografia-Linguística, pretende-se fazer algumas considerações acerca das acepções do termo palavra em dois momentos decisivos dentro do panorama histórico dos estudos sobre língua e linguagem, quais sejam, a publicação, em 1660, da Gramática Geral e Razoada de Port-Royal, por Arnauld e Lancelot, como exemplo da ascensão de uma modernidade espiritualmente cartesiana, e a consolidação e desdobramento do pensamento estruturalista,
tendo como destaque a reviravolta teórico-metodológica provocada pelos estudos contemporâneos na área da
Tipologia Linguística.

Biografia do Autor

Jefferson Silva do Rêgo, Universidade Federal de Goiás - UFG

Mestre em Estudos Linguísticos pelo Programa de Pós-Graduação em Letras e Linguística da Universidade Federal de Goiás - UFG

Referências

ABAURRE, Maria Luiza; PONTARA, Marcela Nogueira; FADEL, Tatiana. Português, língua e literatura. São Paulo: Moderna, 2003.
AIKHENVALD, Alexandra Y.; DIXON, Robert M. W. Word: a typological framework. In: ______. Word: A cross-linguistic typology. New York: Cambridge University Press, 2002, p. 01-38.
ARISTÓTELES. Órganon. Trad. Edson Bini. Bauru: Edipro, 2005
ARNAULD, Antoine; LANCELOT, Claude. Gramática de Port-Royal. Trad. Bruno Fregni e Henrique Graciano Muracho. 2 ed. São Paulo: Martins Fontes, 2001.
BLOOMFIELD, Leonard. Language. London: Allen & Unwin, 1976.
GUIMARÃES, Eduardo; ZOPPI-FINTANA, Mónica (Orgs.). Introdução às Ciências da Linguagem: A palavra e a Frase. 2.ed. Campinas: Pontes Editores, 2010.
JAPIASSÚ, Hilton; MARCONDES, Danilo. Dicionário Básico de Filosofia. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 2001.
KOERNER, Konrad. Questões que persistem em Historiografia Linguística. Revista da ANPOLL, n. 2, p. 45-70, 1996.
LYONS, John. Linguagem e Linguística: uma introdução. Rio de Janeiro: LTC, 1987.
MARÇALO, Maria João. O que é a palavra? Reflexões sobre a herança gramatical greco-latina. Filologia e Linguística Portuguesa. São Paulo, USP, n. 10-11, p. 53-68, 1997.
MARCONDES, Danilo. Textos Básicos de Linguagem: de Platão a Foucault. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 2009.
MILANI, Sebastião Elias. Historiografia-Linguística de Ferdinand Saussure. Goiânia: Kelps, 2011.
MORAVCSIK, Edith A. Introducing Language Typology. Cambridge: Cambridge University Press, 2013.
PAVEAU, Marie-Anne; SARFATI, Georges-Élia. As Grandes Teorias da Linguística: da Gramática Comparada à Pragmática. São Carlos: Claraluz, 2006.
PLATÃO. Diálogos. Teeteto. Crátilo. Trad. Carlos Alberto Nunes. Belém, UFPA, 1973.
ROBIN, Robert Henhi. Pequena História da Linguística. Trad. Luiz Martins Monteiro. Rio de Janeiro: Ao Livro Técnico, 1983.
SÁNCHEZ, Ninfa Stella C. Una breve aproximación a la Gramática General y Razonada de Port-Royal. Revista Grafía. Bogotá, FUAC (Fundación Universidad Autónoma de Colombia), n. 06, p. 91-103, 2008.

Downloads

Publicado

2019-07-06

Como Citar

JEFFERSON SILVA DO RÊGO. Do conceito de palavra e outras aporias. Revista Virtual Lingu@ Nostr@, [S. l.], v. 5, n. 2, p. 51–66, 2019. Disponível em: https://linguanostra.net/index.php/Linguanostra/article/view/94. Acesso em: 10 ago. 2022.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

Obs .: Este plugin requer que pelo menos um plugin de estatísticas / relatório esteja ativado. Se seus plugins de estatísticas fornecerem mais de uma métrica, selecione também uma métrica principal na página de configurações do site do administrador e / ou nas páginas de configurações do gerente da revista.

Artigos Semelhantes

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.